quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Projeto Faces: Victorian Goth



Olá pessoas!

Hoje tenho mais uma referência de face, devo começar já falando que eu fiz uma mistureba grande na história...Hahaha... Isso porque eu vi que a Rainha Victória -por isso Victorian Goth -não tinha muito investimento na beleza, então eu voltei uns cem anos e mudei de pais e juntei a estética da Rainha Maria Antonieta. HAhahaha....

Ou seja, eu apelei para outra era como referência "elitista" pra mesclar e enriquecer essa face. E para embalar e formar por completo o cenário eu separei o meu Suite favorito de Bach. Enjoy!





Essa beleza tem um ar etéreo ao mesmo tempo que é marcante, isso devido o contraste entre a maquiagem que de fato existia nos século XVIII e a força da subcultura gótica. Com isso o delineador fica flutuante sobre o côncavo contrasta com a leveza do blush rosa bem alto e lábios levemente rosados.

Outro ponto marcante são as "beauty marks", como símbolo da aristocracia, junto do cabelo alto todo preso com volume.



Nas roupas as grandes saias seriam uma escolha certa -admito que não tinha, mas o volume foi parar nas mangas bufantes, em conjunto com as luvas o ar aristocrático é formado. O detalhe dos brincos de camafeu que remetem a essa memória bastante antiga e de grande valor.

É isso, vocês curtiram a minha mistura de rainhas? 

E até a próxima!
Tchau

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Projeto Faces: Perky Goth


Olá pessoas,

Em continuidade do projeto de faces góticas, hoje eu vim explorar a estética Perky. Essa estética seria algo relacionado com um público mais jovem que acabou de se interessar pela subcultura gótica. 

Então aqui existe uma visão mais jovem e fresca da vida, onde a vida ainda é cheia de grandes expectativas para o futuro.



Na beleza não há muitos elementos gráficos, ao invés disso há um investimento nas cores que causam o maior impacto.como o vermelho e o preto, fugindo totalmente do look natural.




Nas roupas camiseta simples de banda é um lugar comum por doi motivos. 

É mais fácil de achar, e é mais barato do que as roupas cheias de incrementos góticos. Mas ainda assim demonstra um interesse na cultura alternativa, sem contar que é muito prático e confortável para usar no dia-a-dia. Quem nunca, não é mesmo?

Esse é um estilo que eu meio que misturo e uso em dias que eu não quero super me montar, mas ainda quero sair no estilo, sabe?

E você varia muito o jeito que se veste, tipo de acordo com o seu humor?

Beijos e até a próxima. Tchau!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Projeto Faces - Fetish Goth


Olá pessoas!

Como eu estou engajada em fazer esse projeto, vamos dar continuidade, e a próxima face que eu escolhi é a face do feiticismo. Ou seja, hoje é dia de ouvir DePeche Mode no último e dançar até o corpo não aguentar mais.



Você já leu as letras Depeche? Aconselho...

A subcultura gótica por vezes transita entre temas tabus. E certamente o modo da nossa reprodução é um forte tabu na sociedade, e acredito que seja exatamente por isso que seja tão interessante misturar essa temática entre aquelas pessoas já são "mal vistas" pela sociedade burguesa, recatada e do lar.





Na beleza olhos gráficos preto bem marcados adicionam ao mistério em conjunto com lábios coloridos. O cabelo é bem liso e com um rabo bem alto, apenas alguns pedaços da franja servem para adicionar um ar misterioso.




Nas roupas nada grita mais sexualidade do que o couro, ou materiais que se assemelhem, como o cirrê. Trançados e pele à mostra também compõem esse look.

Ou seja, aqui não existe muito medo, muito pelo contrário, pessoas que tendem para essa estética - oi Ruru - são muito fortes e certas de si. 

Ou seja, tive vergonha à princípio, sim! Mas esse projeto não é só pra demonstrar as diferentes faces. Eu também faço isso tudo para me tirar da minha própria zona de conforto e testar, sem muitos melindres, aquilo que eu sempre achei bonito.

E vocês, já ousaram muito?
Bjosss

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Projeto Faces - Romantic Goth


Olá pessoas!

Finalmente eu descansei e o que parecia mágica, na verdade era a minha mente voltando a trabalhar.

E assim a minha criatividade me retomou o ânimo de desenvolver material pro blog. Ou seja, eu comecei a desenvolver um projeto em algumas fases. Com isso desenvolverei a minha interpretação das mais diferentes faces que a subcultura gótica desenvolveu ao longo dos mais de 40 anos desde o seu nascimento.

Óbvio que a minha pintura teve algumas referência maravilhosas de pesquisa e eu sugiro fortemente você ver esse material, simplesmente pelo maravilhoso material que essas pessoas desenvolveram:

-Goth (Stereo) Types
-40 Years of Goth Style
-Gothic Girls Style of the 90's

Bem assim sendo eu abro meu projeto com o "estilo" romântico. E como inspiração pra pensar na estética eu me lembrei do filme "O Corvo", não que ele seja um romance romântico, mas ideia de voltar do mundo dos mortos para vingar a sua amada é muito romântico ao meu ver...






Na maquiagem a pele não recebe nenhuma marcação de contorno, apenas os olhos recebem um formato mais geral de gatinho com as cores preto e branco, acompanhados de boca vinho.

O cabelo liso e solto compõem o restante da beleza.


Na vestimenta renda e mangas de sino são ícones bastante recorrentes, juntamente com várias gargantilhas em camadas ou uma única larga gargantilha bem intrincada.




Bem, é isso. Espero muito que gostem, pois temos mais partes por vir...
Beijos e até a próxima!

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Como não levar a casa na viagem

Normalmente em fim de ano a gente se programa pra viajar, seja um hotel, ou até mesmo na casa de um parente que só temos a oportunidade de visitar nas festividades de fim de ano. E toda vez, montar a mala fica a dúvida do que você quer levar versus aquilo que de fato cabe na mala.

Eu gosto de me organizar, e ter basicamente de tudo que eu uso diariamente, ou então a minha pele e cabelo voltam um caco depois da viagem...Então sim, eu tenho que levar basicamente tudo que uso no dia -a-dia e são várias coisas. A única solução plausível é separar em categorias e me utilizar ao máximo das miniaturas.


Eu sempre levo uma bolsa que eu uso pra sair, e nela eu armazeno aquilo que possivelmente eu vou retocar durante o dia, então a rotação aqui é bem maior, mas : balm; espelho; e molinha de cabelo - moram sempre nessa necessaire pequenininha.


Depois na mala eu separo uma necessaire que vai de fato a minha maquiagem.

Como estamos no verão, eu tendo a usar menos maquiagem no rosto todo - tipo base e pó. Isso me ajuda a ser um pouco mais enxuta mas ainda assim eu separo algumas coisas que dão efeito tipo o meu batom preto metálico da Vult e delineador em caneta da Toque de Natureza.

Para fazer a pele apenas o corretivo da Natura, o iluminador cremoso da MAC, e um blush rosado meio terroso da Contém 1g. A sobrancelha pra mim dá muita diferença então eu sempre levo a minha dupla inseparável; duo de sobranceçha da Contém 1g e gel de sobrancelha da Quem Disse Berenice.

Como finalização eu levo algumas sombras mais escuras pra fazer um olho mais smokey, o primer de sombras e dois batons: um mais claro e um bem escuro pra causar. Como eu disse antes, o batom Dark Rock da Vult é o meu escuro e o mais claro é o Camila da Bruna Tavares.

Agora aqui é tem o trucão da vida.

Essa necessaire parece pequena, mas carrega tudo que eu preciso pra hora do banho.

E olha não é pouca coisa não.

Tudo está em embalagem de viagem e eu comprei na Daiso. Acredite, isso salva a vida! Bom ao menos a sua mala agradece...



Ok, vocês estão comigo pra uma descrição absurda? 
Em sentido de leitura de cima para baixo, da esquerda para a direita.

-sabonete de corpo (Pamolive)
-sabonete de rosto (Ávene)
-miniatura do meu perfume (Lady Milion)
-miniatura do creme de corpo (Victoria's Secret Pure Seduction)
-escova de dentes de viagem
-mini pasta de dentes
-amostra grátis protetor solar de rosto FPS25 (Eucerin)
-elástico de cabelo
-desodorante compacto (Rexona powder)
-pente de cabelo
-lâmina (Venus)
-potinho com creme de cabelo (preciso trocar e colocar o Yamasterol amarelo!)
-miniatura shampoo (Johnsons baby)
-miniatura condicionador (preciso trocar -  não uso mais coisas com petróleo no me cabelo)
-miniatura frasquinho líquido da lente de contato
-case da lente de contato (Daiso)
-extras: algodão, hastes flexíveis e mini lixa de unha

UFA!

Lista gigante, e nem toma espaço de mais. Sério eu não preciso de mais nada, então eu viajo tranquilinha. Essa necessaire eu desenvolvi durante anos de idas e vindas durante a minha graduação, e posso dizer que morar no seu carro não é legal , mas foi uma fase engraçado - no mínimo de se dizer....

Espero que te ajude a montar a sua própria mala sem senti falta de nada, mas também sem precisar de muitas malas gigantes, que no fim só atrapalham.

Bjos e boas festas!