quarta-feira, 21 de setembro de 2016

Look - Me the Mary Jane

Nossa, como e bom descobrir uma nova banda e ouvir no repeat e se sentir com 14 anos novamente. Hahaha...
No caso a banda descoberta foi Black Stone Cherry, que é uma banda com cara de rock clássico e que tem a capacidade de me animar muito, já que eu sou totalmente suscetível à música que eu ouço. A amostra da banda que eu separei foi a música "Me and Mary Jane"



E recentemente meu queridíssimo noivo vem me ajudando à tirar fotos de look, ou seja, mais qualidade e um fundo mais interessante! (YEAH!) Esse look eu usei pra sair com ele, como sempre -hehe.



Blusa: Consulado do Rock
Corset: Kissme
Saia: Forever 21
Meia: Muito velha pra ser lembrada :)
Bota: Botero





E aí, gostaram do trabalho em conjunto que nós fizemos? Sugestões?
Beijos e até a próxima!

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Resenha Batom "Dark Rock" da Vult



O que falar de uma marca brasileira que melhorou muito a sua qualidade e anda dando um show no quesito criatividade?
Amor... Isso inclui a nova coleção de batons em bala "Let's Rock!", logo de início já amei a criatividade de sair do comum com cores tipo azul, dourado e prata. Mas pra variar eu caí de amores quando vi a cor "Dark Rock", a mais escura da coleção.


E ele é classificado como batom cremoso, mas a sua transferência é baixa e conforme as horas passam ele vai secando e grudando mais nos lábios. Isso significa que depois de umas 3 horas é bom dar uma leve reaplicação (aquela que nem precisa de espelho, sabe? -Só no meio dos lábios) porque ele vai secando e pode marcar as linhas dos lábios se não tiverem extremamente bem hidratados os lábios.

Eu usei no Maximus festival, caso você ainda não tenha visto o vlog que eu fiz lá, tá aqui.
Durou o tempo que eu precisei fazendo como eu falei de dar uma reaplicada no centro dos lábios mais.


A cor não é um preto puro, mas sim metalizado que dá um ar grafite, muito interessante e que eu acabei amando! Eu paguei R$13,50 , por um ótimo produto.

Fiquei animada com o azul, mas eu sei que o grafite vou usar muito mais que os outros tons mais vibrantes, e coloridões. Você já testou alguma cor dessa coleção? O que achou?

Beijos e até a próxima!

sábado, 10 de setembro de 2016

Maximus Festival

Dia 07, durante o feriado, aconteceu o festival Maximus, e eu tive a oportunidade de ir. (Yeah!)
Bem, eu nunca tinha ido à um festival, e assistir tantas bandas em um dia só, foi bem cansativo, mas muito bom!


Na tentativa de guardar um pouco mais essa memória eu tentei fazer um vlog, mas olha, quando bandas maravilhosas tocam, eu toco o foda-se e vejo o show... Hehe.
E por isso mesmo o meu vlog tá uma colcha de retalhos muito louca, mas que me faz lembrar de um dia muito bom.



Até esqueci de fazer look, mas eu tava com uma roupa bem confortável porque eu sabia que iria sentar no chão e se chovesse eu não ia estragar nenhuma roupa cara.

Por isso aqui vão algumas dicas pra se você vai também em um festival:
- roupa confortável que possa levar possíveis chuvas (de cerveja, água do vocalista, ou chuva mesmo)
- calçado de confiança (aquele velho de guerra que nunca fez bolha no seu pé)
- comida (nem que seja um salgadinho, bolacha - acredite vai te salvar)
- bolsa transpassada ou mochila (nada que ocupe suas mãos)
- maquiagem de boas, ou invista tempo pra faze-la e não virar o Marilyn Mason antes dele entrar no palco

Mas é bem tranquilo, quase nem teve roda de bate cabeça, as bandas eram mais pra assistir mesmo, e eu também não vi muita gente disposta pra fazer bate...
Eu estava precisando de um show bom esse ano e mais um check da minha check list pessoal. E vocês, foram? Estão planejado ir em algum?

Bjoss e até a próxima!

segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Look: Rumores sobre os anjos

Olá,
vamos recomeçar?

Quem nunca nessa vida tomou decisões ruins e teve o apoio de quem ama pra voltar e pensar com calma e reavaliar a situação. Afinal de contas o meu trabalho aqui é tipo de formiguinha, um pouquinho por vez, com bastante esforço, confirmando que nenhum resultado, na minha vida, apareceu fácil ou rápido.

Ou seja, eu devo parar de reclamar da vida e fazer o melhor dentro daquilo que me é possível.
Além do que eu goste de fato de ter esse espaço.E se eu puder ajudar ensinar algo, farei com prazer.
Ou se eu puder entreter e fazer o dia de uma pessoa mais leve, assim eu o farei com prazer.

Dadas as considerações necessárias, vamos ao look que eu tô prometendo no título e que eu de fato usei pra sair com o meu noivo.


Fui com uma maquiagem simples, e o batom que eu estou adorando no momento que é o "Dark Rock" da coleção Let's Rock da Vult. Juntamente do meu colar montado com renda e um pingente da My Gloss onde está escrito "wisdom" o colar mais longo é uma peça maravilhosa do Empóro do Aço.

Bem, sem mais delongas -e com foto feita pelo meu quase marido- o restante do look:


Blusa: faz uns 12 anos que eu a tenho, não lembro a marca - sory
Saia: C&A
Meia: Animafest
Bota: Botero
Bolsa: Vilela (mostro ela neste vídeo)

E esse look eu montei ouvindo uma banda ao qual fui apresentada até que recentemente, o Diary of Dreams e a música em questão de inspiração foi "Rumos about the angels"


E isso é tudo por hoje!
Espero ver vocês em breve, Beijos

terça-feira, 23 de agosto de 2016

Resenha Primer Boticário


O primer de olhos da Boticário mudou, infelizmente eu só notei isso depois que já tinha comprado.
Isso porque o primer de olhos foi muito popular devido à escassez de produtos nacionais com a mesma finalidade durante a segunda ´década dos anos 2000 (pelo que me lembro quando a maquiagem começo a ganhar destaque na internet).

A primeira versão lançada era bem líquido e enquanto ia secando, ficava bem grudentinho, ou seja ótimo para aderir bem a sombra compacta ou até pigmentos soltos. Mas, a Boticário reformulou o primer, agora ele está bem mais siliconado.



Com isso a nova fórmula deixa a pálpebra bem mais sequinha -o que pode ser muito bom para quem sente que a maquiagem derrete por ter pálpebras mais oleosas, o que não é o meu caso. Porém o que me deixou meio decepcionada foi que a pálpebra ficou tão sequinha que não aderiu bem nenhum tipo de sombra ou pigmento em pó. Ou seja parecia que ele dificultou o meu trabalho, ao invés de ajudar!

Por outro lado quando eu passei o primer antes de usar um lápis gordinho que desliza bem nos olhos que eu gosto de usar como base de sombras, e -por sinal- costuma acumular no côncavo. Nossa, o primer deixou tudo no lugar certinho, nada de linhas horrorosas nas pálpebras!!!!


Ou seja, não foi exatamente o que eu imaginava, mas teve uma função maravilhosa que eu não imaginava que seria tão fantástica.